| A Revista dos Esportes Equestres |
-
30/04/2010 - 17h04min
Começa vacinação contra a Febre Aftosa.Confira o balanço da doença no Nordeste

Estado de Sergipe dá início à 1ª fase da campanha contra a Febre Aftosa

 


A Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri), inicia neste sábado, 1º, a primeira fase da Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa/2010. O objetivo é imunizar 100% dos animais - entre bovinos e bubalinos - e garantir ao Estado sua permanência como status de área livre da doença, cujo reconhecimento é da Organização Internacional de Saúde Animal (OIE).
Por possuir o maior índice de bovinos vacinados no Norte e Nordeste, desde 2007, Sergipe vem se destacando no cenário nacional ao completar 15 anos sem ocorrência da febre aftosa. "Esses15 anos sem febre aftosa é em decorrência de um trabalho do Governo do Estado, através da Emdagro, que optou pelo controle e erradicação da doença em Sergipe, e essa situação nos deu reconhecimento internacional", diz Salete Dezem, diretora de Defesa Vegetal da Emdagro. "Sergipe está entre os estados do Nordeste, juntamente com a Bahia, que possui o status de zona livre da febre aftosa com vacinação. Nossa meta é chegarmos ao status de área livre da doença sem vacinação, como são os Estados de Santa Catarina e Paraná", prevê a diretora.
Nas duas fases da campanha - ocorridas em 2009, nos meses de maio e novembro - num universo de quase um 1,71 milhão de animais, a Emdagro registrou mais de 1,27 milhão de bichos vacinados, o que corresponde a 96,9% do rebanho. Desse total, 580 registros eram de bubalinos.
Ainda de acordo com Salete, a não vacinação pode acarretar multas e ações judiciais para aquele produtor que não vacinar seu rebanho. "Nós não vamos nos furtar em aplicar as sanções previstas em lei àqueles produtores que deixarem de imunizar seu rebanho. Mantemos um excelente relacionamento com o Ministério Público que, nesses casos, atua convocando os faltosos submetendo-os ao cumprimento das determinações legais", afirma Salete, acrescentando que as vacinas já se encontram à venda nas casas comerciais do ramo, cuja aquisição é feita pelo próprio criador.


O que é a febre aftosa


A febre aftosa é uma doença que acomete os animais de casco bipartido, tais como bovinos, bubalinos, ovinos, caprinos e suínos. Seus sintomas são: febre alta; surgimento de feridas nas patas, tetas e na boca; passam a babar mais por causa das aftas (que são feridas na boca); aparência magra e fraqueza.


A contaminação é feita através do contato de um animal doente com outro sadio; pelo transporte de animais em veículos que não foram desinfetados; pelos objetos das pessoas que tratam dos animais doentes; pelo ar e pela água; e através das fezes, urinas, e alimentos provenientes de animais infectados.


"Quando o animal é infectado, todos perdem, inclusive o dono. As produções de leite e carne diminuem; as fêmeas começam a abortar seus filhotes e os bezerros correm risco de morrer; os criadores ficam impedidos de comercializar os animais e os alimentos derivados do leite e do animal doente colocam em risco a saúde das pessoas", alerta Salete Dezem.


Segundo ela, algumas medidas podem ser tomadas para evitar a contaminação. "É sempre necessário adquirir animais de boa procedência, exigindo a Guia de Trânsito de Animais (GTA); o animal deve ser vacinado duas vezes por ano (nos meses de maio e novembro) a partir do seu nascimento; a vacina deve ser aplicada por pessoal treinado; e eclarar ao Escritório da Emdagro a efetiva vacinação dos animais no mês de campanha", explica a diretora.


Meta do Ceará  é ficar livre da febre aftosa


Os rebanhos de gado e búfalo do Ceará, a partir de amanhã, poderão ser imunizados contra a febre aftosa. Ontem, foi lançada a primeira etapa da campanha de vacinação contra a doença. Até o fim do mês de maio, cerca de dois milhões de bovinos e dois mil bubalinos devem ser vacinados em todo o Estado. A meta da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri), órgão responsável por coordenar e executar a campanha, é de que o Ceará saia da posição de médio risco para livre de febre aftosa.

``Precisamos garantir a segurança do rebanho para que o Ceará possa comercializar seus produtos com outros estados``, declarou o presidente da Adagri, Edilson de Castro. Ele explicou que ano passado o risco de febre aftosa no Estado passou de desconhecido para médio risco. Este ano, se o Ceará conseguir chegar à situação livre de aftosa com vacinação, ganhará o reconhecimento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e poderá comercializar produtos pecuários com outros estados.

Até o fim do mês de maio, as vacinas estarão disponíveis em todos os municípios cearenses. O proprietário pode procurar os postos de revenda para adquirir as doses. Cada dose custa cerca de R$ 1,50. O presidente da Adagri, Edilson de Castro, lembrou que, caso os municípios tenham interesse, a vacina poderá ser doada às propriedades. ``A Prefeitura que tiver interesse pode comprar e doar as doses para os proprietários``, informou. A segunda etapa da campanha está programada para ocorrer em novembro, pois a imunização só dura cerca de seis meses.

Controle
Na solenidade, o secretário em exercício da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Agrário (SDA), Antônio Rodrigues Amorim, destacou a importância do controle dos rebanhos para garantir o comércio de animais. ``A GTA (Guia de Trânsito Animal) só será emitida se o animal estiver cadastrado e vacinado``, explicou. A GTA é o documento que permite a circulação do animal fora da propriedade.

O controle também é necessário, segundo o secretário, para garantir a erradicação da doença. ``Desde 1997, não temos nenhum surto de febre aftosa, mas precisamos garantir sempre a prevenção para não prejudicar os rebanhos``. O veterinário da Empresa de Assistência Técnica e Extensão do Ceará (Ematerce), Eduardo Santos, lembrou ainda que, além de prejudicar o rebanho, o controle evita que a doença acometa o ser humano. ``O leite contaminado pode transmitir a doença``, exemplificou.

PI: Campanha para vacinação contra a Febre Aftosa começa neste sábado (01)


Em entrevista na tarde desta sexta-feira (30) ao Jornal Verdes Campos 2ª Edição, da Rede de Rádios Verdes Campos Sat, o Coordenador da Unidade de Saúde Animal e Vegetal de Teresina, Janilson Lima falou sobre a campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa.

A Campanha de vacinação começa no sábado (01) e vai até o dia 31 de maio, segundo Janilson a paralisação de parte dos servidores da Adapi não vai prejudicar as metas de vacinação. "Teremos nesta semana uma reunião para tentar um acordo, mesmo que não seja conseguido um acordo a paralisação não é total e não deve prejudicar a campanha de vacinação, estamos tendo a ajuda de ouros órgãos como a EMATER".

Segundo o coordenador Janilson Lima, a vacina contra febre aftosa é obrigatória, o produtor que não vacinar será multado. "A vacina contra febre aftosa é a única que é obrigatória, e acontece duas vezes por ano em maio e em novembro, o produtor que não vacinar poderá ser multado dependendo do rebanho entre R$ 800 até R$ 3 mil reais".

Nas agências que estiverem em greve a recomendação é que os produtores vacinem e depois levem a nota fiscal nas agência para comprovar a vacinação. "Terão cidades onde os funcionários estarão em greve mais isso não impedirá o produtor de vacinar, ele deve vacinar e guardar a nota fiscal, depois levar nas agências e fazer o cadastro de que vacinou".

O Piauí hoje está classificado como sendo de médio risco, e pode mandar gado apenas para os Estados vizinhos. "A meta é que até o ano que vem a gente seja classificado como sendo livre de febre aftosa, e possamos mandar gato para o Sul do País".

 


Bookmark and Share

Últimas notícias
17/01/2018 - 08h01min
JD Ranch evidencia durante evento animais de altíssima carga genética e de sangue consagrado mundialmente ...
10/01/2018 - 23h01min
JD Ranch promove três eventos nos quais serão apresentados a mais fina estirpe da raça Quarto de Milha ...
07/12/2017 - 10h12min
Plantéis maranhenses se destacam com vitórias marcantes e expressivas no 15º Potro do Futuro & Campeonato Nacional de Vaquejada...
28/11/2017 - 15h11min
Victory Fly é comprovadamente por estatísticas o melhor garanhão nacional da última década ...
09/04/2010 - 17h04min
A Revista Vaquejada&Cia mostrará todas as emoções das seis etapas do milionário Circuito Brahma Fresh de Vaquejada...
16/04/2010 - 17h04min
Confira a classificação do Circuito Brahma Fresh após a primeira etapa...
12/04/2010 - 11h04min
Vaquejada do Parque Dois Irmão encerra Circuito Bahia ...
23/06/2010 - 12h06min
Parque Expedito Galvão abrirá Circuito Maranhense de Vaquejada 2010...